segunda-feira, 21 de setembro de 2015

O grito que mata o silêncio

A solidariedade pode ser fatigante, mesmo quando é sincera.
Marguerite Yourcenar, in Memórias de Adriano
foto: publico.pt
Portugueses enviam 50 toneladas de donativos para refugiados, pode ler-se no jornal Público (15.09.18)
É um texto excelente, mais um, de Ana Cristina Pereira que nos dá conta de que há portugueses extraordinários. Como aqueles que “enviam 50 toneladas de donativos para as pessoas migrantes” – que palavra, esta! – para a fronteira da Croácia com a Síria.
Há gente boa; muito boa.

Sem comentários: