quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Morte encaixota

Jamais a tribo dos homens regressa.
Casimiro de Brito, in Subitamente o silêncio
Assisti a uma conversa num destes dias, algures pelo centro histórico; sei lá, talvez um pouco mais abaixo, que me fez duvidar da dignidade humana e pensar que a estupidez de algumas pessoas não é um exagero; é uma estúpida parvoíce que não para de crescer e que nos tira o sono.
É verdade! Havia uma senhora que gritava a altos foles que a câmara de Guimarães não tinha nada que atribuir casas aos refugiados que sofrem, nessa Europa à deriva e que brevemente (alguns deles) estarão em Portugal, para deixar outras pessoas, de cá da terra, na rua.
Ui! Mas o que é isto?!
Felizmente; outra senhora, com voz de trovão, mostrando não ter medos nem peneiras respondeu como tem que ser; clarinha, clarinha: isso é treta! Parvoíce bem ao teu jeito. Quem fala assim é gente que está sempre à espera de apoios públicos para andar por aí sem fazer nada; à deriva e sem nunca trabalhar.

Caro presidente de câmara de Guimarães vá em frente com tudo que possa ajudar quem foge dos horrores da guerra e da estupidez humana. A forma como abraçamos os outros faz-nos grandes. 

Sem comentários: