domingo, 6 de setembro de 2015

Espera!, vou ligar-me ao mundo que passa

Tenho às vezes saudades do futuro.
Teixeira de Pascoaes
Há quem diga que a religião é só para aquelas pessoas que têm medo do inferno e que “a espiritualidade é para quem já lá esteve”. Coisa estranha! Digo eu, ao tentar perceber estas palavras; frase aparentemente sem sentido. Mesmo que, e por outro lado – digam outros –, o poder seja exercido por quem é ‘casca grossa’.
Por mim, o que me preocupa mesmo é constatar – e até prova em contrário, continuo mesmo a constatar –, que, num e noutro caso, não há uma resposta; pelo menos eu não sou capaz de a ver, à pergunta sempre sem respostas: onde está o Homem? Sim, aquele ser inteligente que odeia o que não existe!
É que se o Homem só conhece o que é humano, não consta que existam mais infernos que os que são construídos pelos homens. Seria isso que José Saramago nos queria dizer ao afirmar que o Homem  [Humanidade]  não tem remédio?

Sem comentários: