terça-feira, 4 de agosto de 2015

Desejo-te coisas sublimes

A vida é mais forte do que a morte, porque a vida alimenta-se da morte.
Milan Kundera, in A Festa da Insignificância
Domingos de Andrade (Jornal de Noticias, 15.08.01) escreve que “não há milagres. Sem ideias, vota-se nas pessoas. Resta a Costa inspirar. E a Passos acreditar”.
Não concordo; de todo. Desde logo porque, felizmente, há quem, tendo ideias, tem programa e, sabendo o que é melhor para o meu país, não faz parte daquele estúpido 'centrão milagroso' que – teima – em deixar ficar tudo na mesma. Ou pior! 

Sem comentários: