sábado, 15 de agosto de 2015

Cuidado com as aparências

Não pergunteis ao agonizante que paisagem
via para além dos pés da cama
Pedro Tamen
O programa eleitoral do PSD é uma inexistência, escreve Pedro Santos Guerreiro (Expresso, 15.08.08).
O programa do PSD, confesso, não conheço, mas o da coligação Portugalà frente sim. E não, não é uma inexistência. É um perigo. Uma enorme pedra no caminho dos dias felizes que desejamos; todos.
É o fim da Segurança Social.
É o fim da Caixa Geral de Depósitos.
É o fim do Serviço Nacional de Saúde.
Em suma, está ali tudo: é a entrega a privados, de tudo o que é essencial e fundamental para as pessoas poderem (sobre)viver.
Exagero meu? Reparemos nisto:
Ou não entendo português ou não tenho dúvidas nenhumas.
Adoro a coisa “consórcios”, mas não escondo: já temo pelo futuro dos meus netos!

Sem comentários: