quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Ai o tempo!

Somos o que somos, e a vida é pronta e triste.
Fernando Pessoa, in Livro do Desassossego
foto: oje.pt
Deixa ver se percebo:
PSD e CDS defendem uma renovação na continuidade, o PS aposta em alguma descontinuidade, pode ler-se no editorial do semanário Expresso (15.08.01)
Não, não percebo! Ainda que me digam que “as diferenças fazem diferença”.

Em suma, o PS de Costa e a coligação de Passos e Portas, não sendo o que dizem ser ou não parecendo o que querem esconder, são iguais.
Paz às suas almas!
Almas? Esta gente sabe lá o que existe para além do umbigo das máquinas partidárias e dos favores ao amigo!

Sem comentários: