segunda-feira, 27 de julho de 2015

Olhar do silêncio



É curioso que [Cavaco], quando pôde, em 2009, deu posse a um governo sem maioria (e deu no que deu), e agora que já não pode quer exercer um poder que já não tem.

Editorial, Público, 15.07.24

Sem comentários: