domingo, 16 de novembro de 2014

A espada de Afonso

Enquanto a imensa maioria dos portugueses perdeu robustez, arreganho e lucidez no seu viver, por força da estapafúrdia mania e desejo vendido de empobrecimento do governo de Pedro e Paulo – cujos representantes locais têm nomes como André ou Rui – Guimarães coloca a espada na mão do rei Afonso.
Ui! Grande conquistador!

Teremos luta contra os infiéis vendedores de pátria?

Sem comentários: