quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Não era a língua que fazia a união?

A entrada da Guiné Equatorial na CPLP por consenso demonstra claramente que quando se sente o cheiro a dinheiro fresco vale tudo.
Emanuel Caetano, Visão, 14.07.31

Sem comentários: