segunda-feira, 21 de julho de 2014

Olhar do silêncio

A maioria das guerras não faz sentido, mas aquela que assola o PS chega a ser surrealista. Desde logo, o avanço de Costa trouxe um problema novo: qualquer militante que se sinta em melhores condições do que um líder em exercício deve avançar?
Henrique Monteiro, Expresso, 14.07.19

Sem comentários: