quarta-feira, 23 de julho de 2014

Mais sociedade, mais unidade

Muito perto das últimas eleições autárquicas ouvi, num encontro que reuniu muita gente ligada à Universidade do Minho, que a Universidade não fazia “a ligação entre polos”.
Registei a ideia. Só.

Hoje, uns meses passados sobre o referido encontro, estou convencido de que a ideia de “ligar o território” não só “é fundamental”, como, ao que vamos vendo por terras vimaranenses é uma realidade.
Boa realidade!
E a “grande Guimarães” – também vincada nesse final de tarde – já se vê no horizonte. 

Infelizmente a ligação entre polos tem, cada vez mais peso só em Azurém e Couros. Em Braga há qualquer coisa que está a emperrar a engrenagem. Será que está a escapar algo?

Sem comentários: