quinta-feira, 10 de julho de 2014

Depressa e bem há pouco quem


Estou convencido que alguma coisa ainda vai acontecer este ano, mas não na dimensão das necessidades da vila e do sonho do presidente de junta, que tem de aprender a lidar com a câmara e sobretudo com Domingos Bragança, evitando ficar encurralado. E desesperado.
Cândido Capela Dias, Reflexo, julho 2014

Sem comentários: