quarta-feira, 25 de junho de 2014

Há um novo Portugal a despertar

As palavras são para mim corpos tocáveis, sensualidade encorpada.
Fernando Pessoa, in Livro do Desassossego


Ana Cristina Leonardo escreve (atual, 14.06.21) que «se é verdade que muitos homossexuais portugueses continuam escondidos no armário, segundo artigo publicado no “Público” os intelectuais de direita andam a sair de lá. A 1ª conclusão a tirar é que “homossexuais portugueses” e “intelectuais de direita não são uma e a mesma coisa».

Há quem, de repente e por pruridos que jamais entenderemos, se sente incomodado por perceber que adormeceu no sofá do tempo, há tanto, tanto tempo!

Sem comentários: