terça-feira, 10 de junho de 2014

Cinismo sem limites

foto: jn.pt
Uma sugestão para combater a abstenção: seguir o caminho do governo, sortear uns automóveis pelas pessoas que fossem votar”, escreve, em editorial, Alfredo Oliveira, no Reflexo de junho.
Nem pensar, meu caro Alfredo! Não falta por aí quem queira cartões dourados, nada de carros!



E depois, como é que alguns taipenses – que depressa perceberão que estão no sítio errado –, poderão fazer de conta que sorriem com os resultados obtidos pelo seu partido, para, de seguida, esfregarem as mãos e apontarem noutras direções?

Sem comentários: