sexta-feira, 9 de maio de 2014

Matar a matar, mate-se já

A quantidade de apoios atribuídos pelo Centro Distrital de Braga da Segurança Social, no âmbito do Rendimento de Inserção Social, caiu 27 por cento no ano de 2013; um corte substancialmente maior que no resto do país, onde este valor é de 18 por cento.

Será que os minhotos estão mais ricos que o resto do país?

Ou será que quem dirige a Segurança Social – cargo de nomeação politica, ó dr. Barreira!; e não de mérito profissional, onde só alguns chegam; independentemente do que possam fazer nos dias violentos que por aí esmagam pessoas e pessoas –, é alguém com capacidades para além da (in)capacidade nacional?

Sem comentários: